Manutenção Predial: Saiba quais as principais manutenções que podem te ajudar a evitar grandes gastos

Publicado em 03/08/2020 por

O investimento em manutenção predial é indicado para evitar prejuízos maiores e possibilitar o funcionamento adequado dos prédios.

Quer saber quais são os principais tipos de manutenções e como eles podem te ajudar a manter o prédio bem conservado? Então, continue a leitura desse artigo!

A importância da manutenção predial

Antes de qualquer coisa, falemos um pouco sobre a importância de se manter um protocolo de manutenção predial com procedimentos bem estabelecidos.

É por meio desse tipo de manutenção que é possível manter o prédio sempre em bom estado de conservação.

De fato, através desse procedimento, pode-se inspecionar e corrigir problemas tanto nas instalações das áreas comuns, quanto aqueles que podem afetar os apartamentos dos moradores.

Entre os principais serviços prestados por uma equipe de manutenção predial, podemos listar os seguintes:

• Vistorias;

• Dedetização;

• Manutenção da fachada;

• Troca de fiações;

• Limpeza de caixas d’água.

Existem vários tipos de manutenção predial. Os principais são a corretiva, a preventiva e preditiva. Nos tópicos a seguir, falamos em mais detalhes sobre cada um deles.


#1: manutenção corretiva

Comecemos por definir o que é a manutenção corretiva e qual a sua finalidade. Esse tipo de manutenção tem como objetivo corrigir possíveis problemas na estrutura de um prédio.

O ideal é que o plano de manutenção predial tenha instruções claras para que as falhas e problemas sejam identificados sem demora. Com isso, evita-se desgastes ainda maiores nas instalações prediais.

Além disso, é necessário que essas intervenções identifiquem a raiz do problema, de maneira a extirpá-lo.

Por exemplo, se há uma infiltração, é importante que a manutenção corretiva seja aplicada diretamente no vazamento que ocasiona o problema.

No entanto, há, também manutenções corretivas feitas de maneira não planejada, para reparos emergenciais.

Geralmente, o emprego de manutenções em caráter emergencial ocorre quando as avarias se tornam muito aparentes ou quando elas atrapalham a utilização do prédio.

Por conta disso, os reparos nessas circunstâncias costumam ser mais onerosos, haja vista que o problema a ser corrigido tornou proporções grandes demais.

Entre os principais serviços de manutenção predial corretiva, podemos indicar os seguintes:

• Reparo de rachaduras na estrutura do prédio;

• Consertos de vazamentos e infiltrações;

• Substituição de equipamentos;

• Manutenção de elevador;

• Impermeabilização de pisos.


#2: manutenção predial preventiva

Esse tipo de manutenção predial é realizado por meio de inspeções, com o objetivo de evitar a necessidade de correções ou avarias nas instalações de um prédio.

Entre as partes de um prédio que podem ter problemas prevenidos, podemos indicar as instalações de gás, as áreas de convivência e as instalações elétricas e hidráulicas.

A seguir, mostramos o que deve ser observado para que se possa fazer essa manutenção do jeito certo. Veja!

Atendimento às normas técnicas

Antes de qualquer coisa, é fundamental que os responsáveis pela manutenção preventiva façam com que se observe o que está previsto nas normas técnicas.

Observação ao manual do condomínio

Geralmente, os prédios contam com um manual, no qual está descrita a vida útil e as características de todas partes da edificação. Esse manual também deve ser observado na manutenção predial de prevenção.

Empresa ou profissional habilitado

Recomenda-se que a manutenção preventiva seja realizada por profissional ou empresa habilitada.

Pontos que devem ser vistoriados

As inspeções realizadas devem contemplar uma análise completa da estrutura predial, observado problemas como rachadura, fissuras, eflorescências, as condições das fundações e a pintura de fachada.

As vistorias preventivas devem incluir, ainda, a análise dos quadros de disjuntores e de todos os aparelhos destinados ao combate a incêndios.


#3: manutenção predial preditiva

A manutenção preditiva possui elementos comuns tanto à manutenção corretiva, quanto à manutenção preventiva.

De fato, além de corrigir problemas que já foram identificados, esse tipo de manutenção inclui o acompanhamento periódico de soluções e reparos.

Entre os objetivos da manutenção preditiva, podemos mencionar a verificação de possíveis defeitos em equipamentos e o monitoramento constante das instalações.

Em suma, é possível definir esse tipo de manutenção como um procedimento proativo, que reduz os gastos com os procedimentos corretivos.

Outras vantagens das manutenções preditivas é que elas propiciam um aumento na vida útil dos equipamentos e instalações dos prédios, reduzindo os custos com a renovação de tubulações, fiações e outros aspectos das edificações.

Ademais, ao adotar o método preditivo, é possível evitar procedimentos de inspeção preventiva mais minuciosos e demorados.

Geralmente, esse tipo de manutenção requer conhecimentos específicos para que seja bem realizada e efetiva.

Mais economia e segurança com a manutenção predial

Como você mesmo pôde perceber, adotar esses procedimentos pode evitar desgastes maiores nos prédios, o que torna desnecessários os ajustes mais onerosos.

Ademais, a manutenção predial garante mais segurança aos usuários de um prédio, evitando acidentes.

No seu prédio são seguidos procedimentos de manutenção predial? Comente sua experiência!